Maringá, PR: (44) 9 99701-2506 Cuiabá, MT: (65) 9 9600-0781

Aqui carreiras ganham asas

Banner do artigo Quais habilidades um comissário de bordo precisa ter? (Versão Desktop) Banner do artigo Quais habilidades um comissário de bordo precisa ter? (Versão Mobile)

Aviação

Quais habilidades um comissário de bordo precisa ter?

Um dos erros mais comuns que cometemos ao escolher uma profissão é não observar as habilidades e competências exigidas para ser minimamente bem sucedido na carreira em questão. Não adianta amar aquele trabalho se não possuímos as qualidades necessárias para desenvolver bem a função.

Quem deseja ser comissário de bordo precisa estar bem atento a este detalhe, pois as capacidades técnicas e comportamentais exigidas são muitas. E não é para menos. 

O comissário de bordo é responsável por zelar pelo sucesso de um voo, e o seu trabalho reflete na experiência que cada passageiro terá em sua viagem em termos de segurança, tranquilidade e conforto.

Neste conteúdo vamos conhecer todas as habilidades, técnicas e comportamentais, necessárias para que o seu sonho de ser um comissário de voo se transforme em realidade.

Além de entender todos os pré-requisitos, objetivos e subjetivos, para ser um comissário de bordo eficiente, vamos dar dicar de como desenvolver grande parte dessas qualidades exigidas para se trabalhar em uma das áreas mais fascinantes da viação civil. Estão prontos?


A importância do comissário de bordo

O comissário de voo é uma figura essencial dentro da aviação civil. Muito mais que oferecer lanches para os passageiros, o profissional é responsável por manter o ambiente dentro de uma aeronave tranquilo, seguro e confortável para todos os passageiros.

Seu trabalho também envolve atividades técnicas, como a inspeção do avião, a comunicação efetiva com o piloto e com todos os passageiros, além dele ser um profissional que precisa estar pronto para as muitas situações de imprevisto que podem ocorrer durante um voo.

Em suma, é uma profissão que lida com a necessidade de zelo pela viagem aérea, e com a responsabilidade de garantir o conforto, a tranquilidade e o bem-estar de todos os passageiros. 

E isso envolve muitas situações inesperadas.


As habilidades técnicas exigidas para a profissão de comissário de bordo

Por ser uma profissão que lida com situações inesperadas, muitas dessas colocando em risco um voo, e consequentemente a segurança dos passageiros, o comissário de bordo precisa desenvolver algumas habilidades técnicas para conseguir ser contratado por alguma empresa.

  •  É preciso ter habilidades em primeiros socorros

Nos filmes, quando algum passageiro passa mal, desmaia ou grita por socorro dentro de uma aeronave, a primeira ação promovida pela comissária de bordo é perguntar se há algum médico no voo, não é verdade?  

Na vida real, nem sempre haverá médicos no voo, e é por isso que os comissários de bordo precisam ter muito conhecimento em primeiros socorros, pois desta habilidade que um passageiro pode ser salvo em um voo.

É preciso muito estudo, cursos e vontade de aprender todas as manobras e ações necessárias para as diversas situações clínicas que podem acontecer durante uma viagem. 

  • É preciso dominar ao menos uma língua estrangeira

Independente de ser comissário de voo de uma empresa regional, nacional ou internacional, a necessidade de ter ao menos a língua inglesa como segundo idioma é grande.

Saber inglês nem chega a ser diferencial, é necessidade para um mercado que é mais global que todos.

É preciso investir muito para ter um conhecimento intermediário, avançado em alguns casos, de uma ou mais línguas estrangeiras. 

Inglês, francês, espanhol, italiano e até mesmo idiomas menos comuns para nós, como o chinês, são essenciais para o processo de comunicação eficiente entre tripulação e passageiros.

  • Conhecimentos gerais de aeronaves

O comissário de voo precisa conhecer todas as informações técnicas importantes para que um voo aconteça. Meteorologia, segurança de voo e legislação são temas que o profissional precisa entender mais detalhadamente para conseguir ajudar a garantir a segurança e tranquilidade de um voo.

  • Exercício prático de sobrevivência

Outra habilidade que o candidato a comissário de voo precisa ter é relacionada a técnicas de sobrevivência. 

Quando falamos que uma viagem aérea é passível de muitas ocorrências e situações inesperadas, estamos levando para os extremos. 

Um comissário de bordo precisa desenvolver uma bagagem de conhecimentos que vão auxiliar em casos urgentes como a sobrevivência dentro de uma selva ou em algum espaço inóspito. 

Normalmente escolas de aviação oferecem treinamentos de sobrevivência para comissários de bordo, focando em situações como controle de incêndio ou utilização de ferramentas naturais para sobrevivência.


Competências comportamentais desejadas para um comissário de bordo